Thursday, 15 November 2012

Hoje vi o meu ex!...

Sim, visualizei vislumbre de sua miragem,
Mais uma noite de estágio nas mais badaladas Urgências da actualidade.

Depois de um dia de Greve Geral os utentes tambem decidiram fazer greve e a noite estava a ser bem tranquila.

Enquanto que o coordenador de equipa de enfermagem se encontrava no gabinete de triagem, em aceso diálogo com o piquete de greve dos auxiliares.

O Sr. porteiro chama, 
Sra Enfermeira, Sra enfermeira,
e lá fui eu, 
ver o que estava a arder na sala de espera,

LOL
LOOOOL
é a unica coisa que tenho a dizer,

Dou de caras com ele, e com a Maria João,
uma recem-enfermeira, o par romantico do adjunto
essa é que estava a arder de nariz empinado por estar à 2 minutos à espera!

Mas ele, 
personagem que não vejo desde 2009,
Nunca vos falei D'ele,
No entanto alguns poemas que por vezes publico, 
do meu tempo de escritora de poesia vadia,
todos aqueles que transpiram sentimentos,
foram para eles escritos,
SIM, foi um grande amor, aquele que talvez me tenha influenciado a seguir este caminho.

Estavamos em 2009,
eu, jovem de 17 anos completamente apaixonada,
namorava «lindo» moço,
sim, «lindo» 
porque «quem feio ama, lindo lhe parece»
Peso: 62kg, 1,68m
Estado Civil: Comprometida,
Estado Emocional: julgava-se feliz,

ELE: era bombeiro, apagava fogos e conduzia ambulancias, trabalhava num restaurante na Avenida 8 em Espinho, que já não existe.

Eu, sra dona inteligencia saloia decidi ir atrás dele e inscrever-me na Escola de Estagiários dos BVEspinhenses.

Sim, também eu, noutros tempos andei nessa vida de apaga fogos.



No entanto, quando a coisa destrambelhou, destrambelhou completamente e muitos erros foram cometidos de parte a parte, mas especialmente erros de minha parte.

Nessa altura eu era aspirante a advogada... julgava ser esse o meu sonho, 
Mas afinal não era, EU, menina snob,
detestava sangue e vidas afins, 
veio para Enfermagem pela paixão que descobriu naquele quartel.

Acabamos, vimo-nos apenas mais uma vez,
já ambos estavamos na faculdade, 
aquela cara de cachorrinho abandonado e aquele olhar de homem mal amado, caracteristicos dele, 
sempre mexeram comigo mas nesse dia resisti, 
resisti ao impulso que tinha de o proteger, de o abraçar, apesar de ele ser gigante e eu mera formiga ao seu lado.

E as nossas vidas prosseguiram, 3 anos depois,
estou eu a terminar o estágio de Urgencia e  Emergencia no Hospital de referencia do quartel,
ja tendo tido experiencias com outras personagens lá do sitio, mas ainda não tinha encontrado esta personagem.

Logo hoje, dei de caras com o bicho que desde o primeiro dia tive medo de encontrar, foi agora, nos meus ultimos turnos, personagem, que julgava eu ainda se encontrava em Leiria, sim porque na época eu o convenci a inscrever-se na faculdade, 
Espero que esteja feliz, apesar de não ser pessoa capaz de aparentar grandes felicidades.

Se há algum dos meus ex que pudesse mexer tanto comigo como ele fez hoje? Não, a nossa história não acabou por falta de amor, acabou porque tudo nos arruinou, inclusive nós próprios, de tal forma que não consegui manter mais nenhuma relação em condiçoes depois dele, 
Nenhum era ele, e pior, o medo de voltar a falar, que me voltassem a magoar, tornou-se grande e toda a gente acabou por me voltar a magoar,
Não devia mexer tanto comigo mas ele foi especial e provavelmente jamais o esquecerei enquanto recordação de uma vida passada.

Ele ontem nem teve coragem de entar na triagem, porque eu estava lá dentro!
Enfim, coitadinho, sou terrivelmente assustadora!

É mesmo verdade 
EU SÓ ME AGARRO A URSOS



desculpem este confuso desabafo, mas já não o conseguia controlar cá dentro.


10 comments:

  1. Adorei ler Mariana. Muito corajosa
    Bj

    ReplyDelete
  2. muitos parabens pelo teu blogg...ta muito fixe...bj

    ReplyDelete
  3. haverá ainda algum sentimento? :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. se calhar, talvez um dia quando me permitir a amar de novo consiga ser mais feliz e amar ainda mais,
      mas acho que tão cedo não conseguirei amar ninguem!

      Delete
  4. tas mais gorda !!! :s

    ReplyDelete
    Replies
    1. acho que vou deixar de permitir comentários anónimos

      Delete
  5. Comentar em anonimo deixa fazer o que queremos

    ReplyDelete
    Replies
    1. pois pois acho que vou deixar de permitir essas vidas

      Delete

Ola! Gostaste do post? Tens alguma opinião sobre o assunto?
Comenta ;)
Saudações Negras